Manual do faixa azul de Jiu Jitsu

Manual Faixa Azul de Jiu-Jitsu

Vou te dizer que a segundo graduação mais esperada por todos que praticam Jiu Jitsu é a faixa azul. Quando começamos a aprender Jiu-Jitsu, o objetivo de todos nós era conquistar a tão esperada faixa-preta, mas para isso precisávamos passar pela faixa branca, faixa azul, faixa roxa e faixa marrom.

Quem está na faixa branca se sente inferior aos outros, eles tem o sentimento que são excluídos e não aceitos pela maioria dos mais graduados, o que é realmente algo que não deveria acontecer. Claramente, o iniciante faixa branca, precisa aceitar seus termos e entender que ainda está em sua “infância no Jiu-Jitsu”.

Cada graduação tem uma fase para completar e conceitos de movimento que precisam ser entendidos antes da próxima graduação. Os iniciantes às vezes vão com muita sede, e se preocupam mais em trocar de faixas do que realmente aprender.

Muitas pessoas pensam que a faixa azul é apenas uma faixa mais bonita e importante que a branca, mas na verdade é muito mais do que isso. No tatame, é comum ver alguns praticantes perguntando ao seu mestre quanto tempo levará para se tornar um faixa azul de Jiu jitsu. Por isso, é muito importante ter um grande professor para te ensinar o verdadeiro caminho e enfatizar que a cor da sua faixa não vai te ensinar jiu-Jitsu.

O melhor coisa a se fazer, é treinar consistentemente todos os dias, ter muita força de vontade, e deixar seu professor decidir se vai te graduar ou não, porque mesmo que você ache que ele não está prestando atenção em você, ele saberá exatamente quando deve lhe graduar.

Manter uma graduação não é fácil, se ela chegar cedo pode atrapalhar o atleta, e pior, pode desmotivá-lo e mantê-lo fora do tatame. Quando você recebe uma graduação, não tem como voltar atrás, já vimos alguns "rebaixamentos de faixa", mas isso não acontece com muita frequência. A nova faixa tem que corresponder tanto ao nível de habilidade técnica quanto à maturidade do praticante como atleta.

Por conta disso, a faixa azul é considerada a graduação das quais as pessoas mais desistem no Jiu Jitsu.

No começo, embora não tenha adaptado e entendido muito bem o Jiu-Jitsu, o faixa branca ainda tem algumas vantagens, alguns erros básicos ainda são toleráveis, mas isso muda quando você recebe a faixa azul, erros muito básicos podem fazer você se questionar se merece mesmo a graduação. Lembre-se você está um degrau acima da faixa branca.

Foi nesse exato momento é que muitos desistem, eles não tiveram a paciência de se acostumar com a nova faixa, não sabiam o que um atleta de faixa azul deveria fazer, com isso vem a frustação, e começam  a deixar o jiu-jitsu e os treinos de lado.

Então, se você é faixa-azul ou está prestes a ser promovido, aqui vão algumas ótimas dicas:

 

1) Comportamento apropriado

Não há nada mais desagradável do que um faixa azul inconveniente e imaturo. O tatame é um lugar sagrado para nós, e as pessoas dentro dele devem obedecer às regras. Como eu disse antes, o Faixa Branca ainda admite alguns erros, pois ainda está aprendendo a arte e a filosofia deste esporte, que se baseia principalmente na disciplina e no respeito ao próximo. Então, o faixa azul, deve entender as regras e se portar de maneira adequada ao lugar que está.

Isso não quer dizer que a sua postura quando estiver no tatame deva ser a mesma de quando você vai a uma igreja, mas também não é um lugar para brincadeiras desagradáveis, palavrões, etc..

 

2) Aprenda sobre pontuações básicas

O que se espera no mínimo para um faixa-azul é saber as pontuações básicas do jiu-jitsu, e sinceramente é "feio" para um atleta em formação não saber o valor de uma passagem, raspagem, queda, pegada de costas, montada ou joelho na barriga. Conhecer essas pontuações é fundamental para avançar para a próxima faixa, então se você não as conhece, pesquise ou converse com seu professor e comece a conhecê-las. Isso irá ajudá-lo no treinamento, especialmente durante o treino.

 

3) Domine os movimentos básicos

 

-APRENDA RASPAGENS

Os golpes básicos devem ser afiados e os novos faixas azuis devem dominar pelo menos 2 raspagens efetivas, como raspagem “mão na faixa” e raspagem “tesourinha”. À medida que você avança, seu conhecimento sobre a arte se expande, e é inútil querer conhecer mil posições e não conseguir realizar nenhuma. Concentre-se em algumas posições e tente realizá-las de maneira técnica e encaixando elas em seu treino.

 

- APRENDA PASSAGENS DE GUARDA

Todos temos que aprender o Jiu Jitsu como um todo, mesmo que não sejam posições que você goste muito de treinar, você precisa se colocar em situações de desconforto por que são nessas situações que você mais vai evoluir. Concentre-se em aprender primeiro a abrir uma guarda fechada e depois se preocupe em como passar essa guarda, com pelo menos uma passagem bem treinada para cada tipo de guarda, seja ela uma guarda de la riva, guarda aranha, meia guarda, etc...

 

-APRENDA QUEDAS

As quedas também não podem ser ignoradas, pelo menos três quedas básicas devem ser conhecidas e treinadas, como double leg, osoto gari, e uchi mata.

 

-APRENDA FINALIZAÇÕES

As finalizações da guarda precisam estar bem treinadas, então triângulos, chaves de braço, Kimura e estrangulamentos não podem faltar no seu arsenal.

Seu caminho no Jiu-Jitsu precisa ser prazeroso e não um fardo. Lembre-se que você tem dias ruins, você nem sempre vai ganhar nos seus treinos, mas se você insistir de uma forma ou de outra, você vai ficar bom nisso, então nunca desista, sempre dê o seu melhor.

 

- APRENDA DEFESAS

Muitas vezes nos preocupamos com os ataques e esquecemos das defesas, assim como é importante saber aplicar as técnicas, é muito importante também saber se livrar deles.

Roger Gracie, um dos mais vitoriosos atletas que já pisaram no tatame sempre fala “eu constriu todo meu jogo com base em uma defesa sólida”.

Pague com
  • Pagali
  • Pix
  • Mercado Pago
Selos
  • Site Seguro

HARAI COMERCIO E PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS LTDA - CNPJ: 45.678.647/0001-05 © Todos os direitos reservados. 2022